|

Notícias

Notícias em destaque
29
jun

Hoje comemora-se 15 anos da Carta da Terra

Em 2000, um documento foi redigido para provocar a reflexão sobre o equilíbrio entre o homem, a natureza e o desenvolvimento sustentável. A Carta da Terra, como ficou conhecida, foi divulgada na sede da Unesco na Holanda e contou com a colaboração de milhares de pessoas para discutir os desafios do século XXI. Este ano, no dia 29 de Junho, a Carta da Terra celebrará 15 anos e mais do que nunca, é um referencial de comportamento e colaboração social.

Traduzida para mais de 40 línguas, instituições no mundo todo se mobilizaram para executar ações que contribuam com os princípios desse documento. Aqui no Brasil, a ação que ganhou mais destaque foi a “Carta da Terra para crianças”, desenvolvida pelo Núcleo dos Amigos da Infância e da Adolescência para tratar do assunto de forma simples e clara com milhares de crianças do ensino fundamental.

Sobre a Carta:

O primeiro rascunho da Carta da Terra foi feito em 1992, durante a Conferência Rio92, realizada no Rio de Janeiro. Mas foi somente oito anos mais tarde, em 29 de junho de 2000, que a versão final foi divulgada, na sede da Unesco, em Haia, na Holanda.

A Carta da Terra não é um documento de burocratas. É um reconhecimento, um pedido de desculpas. Um compromisso poético para com o planeta Terra. É uma declaração de amor tardia. Ela nos mostra de maneira clara e contundente como precisamos agir se quisermos continuar morando aqui. Dela fazem parte mensagens sobre justiça social e econômica, cultura de paz, conservação ambiental, respeito ao diálogo e à vida em todas as suas formas. Ao definir, na prática, o que seria o que sempre chamamos teoricamente de um mundo melhor, a Carta da Terra desenha com palavras como devemos mudar nosso comportamento como moradores do planeta.

Clique aqui para ter acesso ao documento.

 

Priscylla Ingrend | DCM