|

Apresentação

História


foto fachada


Tudo começou com a necessidade de formar profissionais na área de ensino, com isso, criou-se a Faculdade de Formação de Professores da Vitória de Santo Antão. Através do Parecer nº 49/72, de 08 de junho de 1972/ CEE-PE foi autorizado o funcionamento dos cursos de Licenciatura de Curta duração da Faculdade em: Ciências, Estudos Sociais e Letras, com 60 vagas semestrais por curso. Esse Parecer foi homologado pela Resolução 07/72, de 14 de junho de 1972, do Conselho Estadual de Educação do Estado de Pernambuco.

Pela Portaria Ministerial nº 350, de 15 de maio de 1981, publicada no Diário Oficial da União, em 20 de maio de 1981, foi concedido o reconhecimento dos cursos de Estudos Sociais e Ciências.

Pela Portaria Ministerial nº 416, de 03 de julho de 1981, publicada no Diário Oficial da União, em 07 de julho de 1981, foi concedido o reconhecimento do curso de Letras.

Começamos então os processos para a plenificação dos cursos. Através da Portaria Ministerial nº 486, de 04 de dezembro de 1986, foi outorgada a conversão pela via plenificação dos cursos de Licenciatura Plena em Ciências, com habilitação em Biologia e Matemática e em Letras, com habilitação em Português/Inglês. A Portaria Ministerial de 04 de maio de 1987, autorizou a conversão pela via de plenificação do curso de Estudos Sociais em Licenciatura Plena, com habilitação em História e Geografia.

Foi concedido reconhecimento dessas plenificações através das Portarias Ministeriais nº 1.759, de 27 de setembro de 1991, para o curso de Letras, nº 1.785, de 26 de setembro de 1991, para os cursos de Estudos Sociais e Ciências, publicados, respectivamente, no D.O.U nos dias 25 e 27 de setembro de 1991.

Em 1998, com as novas tendências no Sistema de Educação, foi criada mais uma unidade de ensino, dessa vez a Faculdade de Pedagogia com habilitação em Administração Escolar e Orientação Educacional, autorizada pela Portaria Ministerial nº 893 de 21.06.99 a qual irá formar profissionais da educação, conscientes da realidade brasileira com uma base teórica aliada à competência técnica e política, capazes de, não apenas transmitir o conhecimento, mas, de criar ou reformular o saber científico, bem como, desenvolver pesquisas e se integrar à comunidade, de forma a possibilitar uma ação transformadora em direção à modernidade.

Com o surgimento da nova unidade de Ensino, Faculdade de Pedagogia da Vitória, institucionalizou-se uma Entidade Superior, que integrasse todas as Unidades, esta congrega atualmente os cursos de Bacharelado em Turismo e Administração. Foram então criadas as FAINTVISA – FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO reconhecida pela portaria nº1865 de 03 de Julho de 2003 como instituição integrante do Sistema Federal de Ensino. Nelas se inserem, também, os cursos de Secretariado Executivo e Farmácia. Nos dias atuais as FAINTVISA têm plena consciência de sua missão e do nobre dever que é preparar cidadãos que promovam uma sociedade justa onde a democracia se perpetue em toda a sua plenitude.

Trabalhamos para educar e formar pessoas altamente qualificadas, cidadãs e cidadãos responsáveis, capazes de atender às necessidades de todos os aspectos da atividade humana, oferecendo-lhes qualificações relevantes, incluindo capacitações profissionais nas quais sejam combinados conhecimentos teóricos e práticos de alto nível mediante cursos e programas que se adaptem constantemente às necessidades presentes e futuras da sociedade.

Para isso, estimulamos a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo, por meio do trabalho de pesquisa e investigação científica, visando o desenvolvimento da ciência e da tecnologia e da criação e difusão da cultura e, desse modo, desenvolver o entendimento do homem e do meio em que vive.

Tudo isso sem deixar de lado a formação de profissionais éticos nos diferentes cursos e áreas de conhecimento, com desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico, comprometidos com a sua formação contínua, com sua inserção no processo de desenvolvimento sócio-político-cultural e econômico do país e, em particular na cidade de Vitória de Santo Antão, sua região de influência geoeconômica e toda a região nordeste do país, prestando solidariedade como forma de manutenção do espírito fraterno entre os homens.

Missão

Formar profissionais em diferentes áreas do conhecimento, através do ensino, capazes de se inserir na sociedade buscando o desenvolvimento local, regional e nacional; por meio do incentivo à iniciação científica, objetivando a reflexão teórico-prática para o fomento das inter-relações humanas e suas interseções no meio em que vivem e cultivando o desejo permanente de aperfeiçoamento; também pela via da extensão, difundindo junto à comunidade os benefícios culturais e científicos gerados na instituição.

Visão

Ser uma Instituição de Ensino Superior de Referência na formação de profissionais competentes e éticos, na qualidade de suas ações e na contribuição para o desenvolvimento local, regional e nacional.

Princípios – Valores

  • Respeito à diversidade cultural, étnico-racial, religiosa, política e epistemológica.
  • Promoção da gestão participativa como forma de construir um clima transparente das intencionalidades e ações institucionais.
  • Educação como prática social, política e cultural.
  • Relação entre teoria e prática na orientação das ações formativas para favorecer a aproximação do mundo acadêmico com o mundo profissional e social.
  • Formação como processo de humanização e profissionalização para possibilitar as condições cognitivas e epistemológicas necessárias para continuação dos estudos.
  • Compromisso com Educação de Qualidade Social para que a Faculdade tenha uma inserção local, regional e nacional no caminho do desenvolvimento sustentável.
  • Comunicação com a comunidade interna e externa para promover a dialogicidade.
  • Currículo integrado e contextualizado para contribuir na dinâmica dos diálogos de fronteiras epistemológicas e, com isso, promover a interação entre os seus cursos para favorecer aprendizagens significativas no seio da comunidade acadêmica.
  • Construção do pensamento crítico, analítico e reflexivo para preparar os sujeitos da comunidade acadêmica para lidar com a complexidade do mundo corrente.

 

Foco em extensão, pesquisa e pós-graduação


A Instituição possui o Núcleo de Pós-Graduação e Pesquisa com a função de estimular a produção científica dos professores e alunos, promover encontros institucionais, participar e divulgar eventos locais, nacionais e internacionais, integrando a comunidade acadêmica e criando novos ambientes de estudo. A proposta do ensino de Pós-Graduação em nível lato sensu atende, prioritariamente, a demanda da graduação, ampliando oportunidades de educação continuada.

Os programas de extensão, por sua vez, viabilizam a participação do aluno em atividades voltadas para o social, oportunizando o fortalecimento do ensino, a ampliação de experiências, a melhoria da qualidade de vida e, ao mesmo tempo, contribuem para o fortalecimento da relação instituição/comunidade.